Inestimável

Abuso de minha liberdade poética:
invado seus devaneios
roubo seus anseios
fundo sua essência nos meus versos.



Publicação original: 19/12/2014 | Reedição: 23/07/2017

4 comentários:

  1. QUE TRECHO FOFO.
    Poético.
    Amei.

    ResponderExcluir
  2. A liberdade poética transcende a própria vida, pode-se fazer verso sobre tudo e nada. Mas, confesso que versos sobre a própria inspiração, sobre a beleza e a razão de se escrever um poema são meus preferidos. A arte de se fazer arte.

    Encantador.

    Beijos Lari.

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei tanto desse trecho, sério, não sei explicar, me apaixonei. Tão simples e tão lindinho, Lari ♥ Já falei e não canso: tu escreve bem demais, menina!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o trecho, parabéns!
    Já esta na comunidade de moda ALLANI ?
    www.allani.com.br - > Da para fazer vários looks e seguir blogs lá!

    *Rolando competição de looks de natal! - > http://allani.com.br/concurso/1

    Meu blog - > www.popday.com.br

    ResponderExcluir