Meu mistério e minha poesia

Então é isso. Gosto de fazer mistério sobre meus sentimentos pura e simplesmente para disfarçar a falta de mistério que há neles. A verdade é que eu venho amando apenas esses amores banais, dos quais a poesia extraída não tem profundidade. É poesia sem poesia. É mistério sem mistério. Sou eu. Só eu.

13 comentários:

  1. Você deveria escrever um livro! Toda vez que entro no seu blog e leio um post, parece que estou lendo uma página aleatória e encantadora de um livro muito bom :)

    Essa música ♥ Não acredito que não conhecia essa banda!

    ResponderExcluir
  2. oi amiga, você escreve tao bem e é tao profunda nas palavras, amei ler um pouco aqui, realizaçoes e que conquiste seus sonhos <3
    amiga me visite também:
    Gilvaniaevans.com

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde Lari.. somos sim o maior dos mistérios..
    a poesia pode tirar os véus dos nossos sentimentos ou nos ofuscar em nós mesmos..
    tem uma imaginação ótima.. as simples frase nunca são simples.. são profundas e merecem reflexões.. bjs

    ResponderExcluir
  4. Larissa quando seu livro será publicado? Por Deus menina você tem MUITO talento, cada vez que vejo um post novo no seu blog venho correndo com vontade de ler, pois sei que sempre serei surpreendida. Quanto ao post acima eu gosto de viver todos os tipos de amores pois lembro-me de uma frase escrita no caderno do enem "Espalhe que o amor não é banal."

    www.pumpcolor.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuito obrigada, môre! Quanto à pergunta: xiiii, nem sei... Provavelmente daqui a século e meio, porque acho que eu não teria ideias para escrever um livro todo, haha'

      p.s: peguei essa prova no ENEM também. Prova rosa, acho.

      Excluir
  5. Que poema perfeito!
    Me definiu
    E essa foto maravilhosa aonde é?
    bju Lari

    karinapinheiro.com.br/blog/

    ResponderExcluir
  6. Simplesmente apaixonada pelas suas palavras, Lari... ♥

    ResponderExcluir
  7. De certo modo acredito que faço a mesma coisa. :/

    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa que talento você tem, adorei o poema!♥

    Bjs
    http://ecleticamenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ainda acho melhor não ter profundidade. Melhor assim, não se envolver pra valer. Aliás, isso é bem próprio de quem é adolescente, não? Lembro que eu me apaixonava sempre, quase todo o mês. rs. Hoje é diferente. Sou um pouco mais séria pra tudo.

    ResponderExcluir
  10. As vezes nossos sentimentos não devem ser tão explícitos assim, tornando-os um mistério sem haver mistérios, pois são só nossos. Adorei o poema, nem tenho palavras!

    http://garotavertigem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Então, moça, você é igualzinha à mim.
    Também escondo meus sentimentos, e digo, as vezes, pequenas mentiras para que não descubram como realmente me sinto. Na verdade eu tenho medo que descubram, para ser sincera.
    Mas, ao menos dos "amores banais" eu já me decidi: não quero mais.

    Amei esse texto, curto, mas cheio de sentimento <3

    ResponderExcluir