Por meio da fechadura

A porta estava fechada
Mas por meio da fechadura
Pude vislumbrar sua essência:
Carência, ausência, demência

Notei na parede oposta
Aos meus olhos sondadores
Uma fotografia minha:
Poeirenta, antiga, sozinha

Todo o resto tão vazio,
Tão abandonado, tão frio,
Tão tristonho, tão sem brio...!

Deixei um recado na porta
Quando resolvi ir embora...

"Habite-se, por favor,
Que isso não cabe ao meu amor.
Eu não posso completá-lo,
Aquecê-lo ou sustentá-lo;
Amar-me de nada adianta
Porque a você, você não ama."