Tantos segredos


Quero compreender meus olhos
Eu mesma não os desvendo!
Diante do espelho, encaram-me
Sem que eu veja o que estão vendo