Inversão

Meus medos,
trêmulos,
tão indefesos...

Aninho-os em meus braços,
digo: “Ficaremos bem”,
no que me encaram,
instantaneamente,
perplexos,
com uns olhos arregalados que me contradizem

... fico sem chão.

Trêmula,
indefesa,
aninho-me entre meus medos.