Véu


Sempre o vi através de um véu de surrealidade:
somente um vulto,
quando o olhava de viés

Ou era em seus pés
que meus olhos pousavam
como que medindo os passos
que separavam
minha própria realidade
do que era óbvio, claro, fato
— mas que eu via opaco

Ou não via.
Ou fingia que não via.