Ritmo

Abençoados sejam os motoristas
que dão passagem aos pedestres
nos dias de chuva.
Nos dias todos, pensando bem.
Um “obrigada” que se lê labialmente,
passadas rápidas que é pra não atrasar o trânsito.
Pronto,
o outro lado da rua.
Há vida ainda.
Há vida num passeio traiçoeiro
enfeitado de caixas velhas
e postes
e gente que anda devagar demais,
devagar demais...
Mas a apressada sou eu.
E pra quê?
Atravessar, atravessar, atravessar...
Há de chegar o dia em que não haverá o outro lado da rua;
desentendo minha própria pressa.
Nem pretendo entendê-la, confesso.
Aperto o passo; ainda há rua.

16 comentários:

  1. Algo simples e cotidiano, mas que ficou tão delicado em poesia. Consegui me imaginar dentro do poema. Adorei, Larissa.

    ResponderExcluir
  2. Lindo, lindo, amei <3
    Aquelas pequenas vivências do dia a dia que inspiram de alguma forma são as melhores :3
    beijoss
    N E O D E S V A R I O

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Bruna 😍

      Concordo muito contigo 😊

      Beijos 💙

      Excluir
  3. EU PRECISAVA DE LER ISSO. OBRIGADO, LARISSA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada! E obrigada também, mesmo 💗

      Excluir
  4. É verdade. uma atenção ao outro, um gesto que nos faz bem, as pequenas coisas nos tornando grandes, e parte de uma esperança por vezes esquecida. Um abraço Larissa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade!

      Outro para você, Milene 😘

      Excluir
  5. A pressa expressa a ânsia insana. Por preço, o passo espana.
    GK

    ResponderExcluir
  6. que coisa mais linda, Larissa! tenho um fraco tão enorme por essa temática mais cotidiana, com reflexão em pleno caos haha
    consegui me imaginar perfeitamente no cenário descrito, completamente relatable!
    parabéns, moça <3
    com carinhoooo,
    bia :)
    ✧・゚: *✧・゚:* bia e o mar *:・゚✧*:・゚✧

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, muito obrigada, Bia!

      Abraços 💗

      Excluir
  7. Anônimo17/3/18

    Há que se ter olhos para o cotidiano, mas a pressa é uma venda sobre os olhos e uma tarja para o luto.Gostei imensamente dessa filosofia na poesia, verdade é que aprendo a pensar...
    Abraço e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadíssima!

      Para você também 😘

      Excluir
  8. Caminho sem fim e um pouco de utopia haha as coisas vão fluindo mas nós não mudamos né :)

    Passa bem amg
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim mesmo, Wash...

      Você também 😘

      Excluir