Estudo sobre o voo das horas

Muito se fala sobre o voo das horas, mas alguém de fato, algum dia, o observou? Bem tentei: afligia-me saber o feitio das asas, que altura levavam do chão ao céu. Perguntava-me: para onde vão as fugidias criaturas? Atravessam alguma barreira interdimensional e vão alvoroçar outros mundos? Cegam-se em desespero alucinado e se chocam contra os arranha-céus? Desintegram-se no ar num discreto e derradeiro adeus? Ou se aproveitam da vantagem de ninguém lhes notar a presença e pousam, tranquilas, em algum campo longínquo e florido onde, como as saúvas, cortam as próprias asas e vão caminhar em paz? 

Bem tentei... Mas as horas, concluí, são tímidas. Uma vez observadas, disfarçam as intenções e não levantam voo. Dão voltas e voltas e voltas e não vão a lugar nenhum.

14 comentários:

  1. Anônimo12/10/18

    Tu é apaixonante sempre, como as horas e o tempo delas, num voo entre o céu e o horizonte.
    Ótimo fim-de-semana e obrigado por essa alegria de hoje e sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que te agradeço a gentileza da visita e do comentário: obrigada!

      Abraços e um fim de semana lindo para você!

      Excluir
  2. O ser um sem ele inconcebível faz do tempo um mistério invencível.
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E, ainda que o saibamos invencível/indecifrável, insistimos sempre em tentar vencê-lo/entendê-lo...

      Excluir
  3. Adoro a sua prosa poética que nos leva para um lugar além do infinito! :) Que gostoso é te ler!

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderExcluir
  4. Oi Larissa,

    As horas são criaturas quase mitológicas. Estão em tudo e em lugar nenhum. Passam, voam, desaparecem e ao mesmo tempo não saem do lugar enquanto nós passamos com elas. Corajosa você de observa-las. Coisa de artista.
    Lindo texto! Necessário.

    Abraços e até logo mais!

    Dave.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dave! Como vai?

      Concordo contigo no que toca à mitologia das horas, e agradeço muitíssimo o comentário tão bonito! Obrigada 😊

      Abraços e uma ótima semana para você! Até 😘

      Excluir
  5. Bonjour, miss Larissa!
    Bom te acompanhar novamente, agora em seu novo cantinho. Adorei o post, a foto, o nome do blog, tudo tudo tudo.
    Beijos açucarados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna!

      Muito bom revê-la, muito feliz com a visita <3

      Obrigada!

      Apareça sempre 😊😘

      Excluir
  6. Com um céu maravilhoso desse dá mesmo uma inspiração no coração ♡

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  7. Como diria meu pai, as horas rugem, não as vemos passar, quase sempre acabo por olhar horas tipo 13.13 21;21 e assim por diante, pelo que já li horas assim tem muito a nos dizer, mensnagens espirituais inclusive. feliz noite Lari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejo muito horas iguais também, acho tão bonitinho, haha (um toc da minha parte, ok).

      Tenha um domingo bem bonito, Samuel! Obrigada pela visita 💙

      Excluir