Coisas da nossa cabeça

Sobre nossas cabeças:
As estrelas 
Os satélites 
Os aviões 
As nuvens 
Os pássaros 
O teto
As lâmpadas 
O chapéu 
E o cabelo 

Dentro de nossas cabeças: 
A curiosidade 
A crença 
O raciocínio
O conhecimento 
Os sonhos
Os devaneios 
As lembranças 
As incertezas 
E os sentimentos 

Sob nossas cabeças: 
Os desejos. 
Os instintos. 
Os impulsos. 
A obsessão. 
A ira. 
As guerras. 
A fome. 
Sobrevivência. 
Subdecência.

5 comentários:

  1. Gosto desse jeito de poema. E gostei muito do que você escreveu, o estranho só é que, sempre que eu gosto muito de algo que você escreve eu nunca sei muito bem o que escrever, haha, mas enfim, amei.

    Beijos, Sel | Quinta Gaveta ♥

    ResponderExcluir
  2. Gostei do poema, você escreve muito bem, parabéns!
    Ah! Amei seu blog, já estou seguindo :)
    Beijos

    Blabalizando | No Instagram

    ResponderExcluir
  3. Ás vezes eu tenho esse sentimento de milhões de coisas sob minha cabeça, mas eu olho pro céu e tento me lembrar que eu invento todos esses problemas, dentro dela, e sobre ela só está o céu azul ♥ Seu poema me lembrou a Música Hopeless Wander do Mumford & Sons "I will learn to love the skies I'm under"

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lari,
    Lindo poema, como sempre. ♥ Adorei as metáforas. Adorei também como você usa a nossa cabeça como um ponto comum entre tantas coisas diferentes, o abstrato e o concreto.
    Beijo!! ♥

    http://penny-lane-blog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lari <3 Como tu está?

    Bom, tu foi objetiva, linear e as palavras se encaixaram ao seu modo poético *.* Me questiono apenas sobre a crença, senti ela mais sob a cabeça, mas é um detalhe pessoal. Ficou tudo ótimo <3


    xoxo

    ResponderExcluir