Contrassusto

As coisas que caem do quarto de cima
atravessam o teto
perfuram-me o peito
e se cravam profundas
neste adro de hojes
cheio de ontens-e-amanhãs fantasmas
que se espantam com os projéteis
tombando entre as lápides
com os projéteis fazendo um estrago danado
ao assombro que causavam
neste corpo cansado
que se assusta com os fantasmas
e mais ainda
com o que é derrubado
no quarto de cima.

Formulário de contato (para a página de contato, não remover)