Pequenos consertos

Talvez eu nunca remende
o buraco do pijama
ainda que isso seja tão fácil
quanto lhe dizer um oi
e eu não faço nenhuma dessas coisas
porque o tempo,
ah, o tempo...,
eu não posso culpar o tempo
nem você
nem as costuras que se desfazem
nem mesmo a mim
pois não há culpa
pois não há nada contra
os atos simples
mas tão simples
que de humildes se encolhem
às nossas vistas
e se relegam à negligência infinda
à ficção do depois.

Formulário de contato (para a página de contato, não remover)