A memória da persistência

Você pensou em mim por pouco tempo
e muito pouco.
Você pensou em mim assim:
de canto de mente.
Na visão periférica do pensamento
minha forma meio sem forma,
meio sem nome,
meio sem porquê.
Você pensou em mim assim:
sem querer.
(Distração dentro da distração
mero vulto
assombração fajuta que nem assustar assusta
mas, ainda que fantasma, eu estava ali.
Ainda que fantasma, eu não morri.)


Formulário de contato (para a página de contato, não remover)