Como se confeccionam perguntas típicas

por - 20.12.19

“Então é Natal, o que você fez?”

(Luzinhas piscando em alerta
o quê - o quê - o quê.)

Sorrio semi-sem-graça
porque fiz poemas,
muitos poemas,
mas não se respondem "poemas"
a uma pergunta como essa
e na pressa
de sumir cena
quase passo,
com covardia,
o peso sobre meus ombros
ao mais novo da família
− com outra pergunta,
e ainda mais daninha:
“E as namoradinhas?”



Clique aqui para ver este e outros poemas na zine Poemas Especiais de Natal.

6 comentários

  1. Lari,

    Tentei comentei aqui várias vezes ontem e não tava indo. Vou tentar de novo.

    Eu li dando risada. Kkkkkkkk. Porque essa é uma cena TÃO real dessa época. Não bastasse tudo o que nós mesmos refletimos e cobramos nessa fase tão intensa, ainda temos que sorrir diante de questionamentos que no fundo nunca querem mesmo entender. Perguntas desnecessárias...

    Mas é isso. Feliz natal pra você e sua família, viu?

    Beijos e saudades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jaya! Senti sua falta!

      Que bom que tentou outra vez, e que ótimo que enfim deu certo! Receber seus comentários é sempre muito especial para mim ♡

      Verdade! Hahahaha!

      Tenha um Natal maravilhoso com os seus também ♡

      Abraço enorme!

      Excluir
  2. A pergunta óbvia o que nos junta obsta.
    GK

    ResponderExcluir
  3. HAHA! É um ciclo sem fim.

    ResponderExcluir