"A chuva moldou o corpo" (parte 2)


Caldas, MG (Brasil). Dezembro de 2016.
Título: "Agu(a)çar" (2018).

10 comentários:

  1. Oi, Larissa tudo bem? Belíssima paisagem, embora seje nebulosa, esta foto diz muito sobre nossa existência. Nem sempre teremos dias ensolarados, no entanto existe beleza em um dia chuvoso e nublado. Adorei. Tenha um excelente fim de semana. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, e você?

      E eu amo os dias chuvosos, Luciano! Não aqueles da metáfora, já que a metáfora associa chuva a algo que não vai bem. Mas os reais. A chuva me traz paz... Uma paz imensa.

      Muito obrigada!

      Abraços, e ótimos domingo e semana para você!

      Excluir
  2. Bonjour, miss Larissa. Ça va?

    Fotos que contam uma história por si mesmas, de um pássaro que levantou voô para o mar, se desfez em lágrimas quando lá chegou de tão feliz que estava e condensou-se em nuvens de raiva por não ter tido tempo de um peixe pescar.

    Adorei o post. Beijos açucarados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou bem, e você?

      Ah, que comentário bonito... Você é cheia de poesia, Bruna!

      Obrigada! Beijos e uma ótima semana para você ♡

      Excluir
  3. Ahh, eu amo tanto dias assim que nem sei como expressar... são tão ótimos pra nos fazer refletir sobre a vida. ♥

    ResponderExcluir
  4. Uma enorme sensação de paz me veio com essas capturas lindas. Eu sou amante de todos os tempos, mas o tempo chuvoso me encanta, o cheirinho de terra molhada hmmm, até mesmo o céu tristonho. Lindo o texto linkado, gostei de "o som (da chuva) é ancestral". Coisa linda, Lari

    Um beijo enorme pra você ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos muito "pluviophile" mesmo, haha ♡

      Muitíssimo obrigada, Isa!

      Outro para você ♡♡

      Excluir
    2. Amei conhecer esse termo, com certeza sou uma pluviophile! hahaha ♥♥

      Excluir