Testemunha

por - 25.5.20

A parede que ouviu
dormiu,
e esqueceu.


4 comentários

  1. Oi, Larissa como vai? Ainda bem que as paredes não falam não é mesmo! Já imaginou se as mesmas falassem, quantos segredos escondidos seriam revelados por elas. A parede seria a testemunha central de toda humanidade. Adorei o poema, como sempre muito bem elaborado e revelador. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou bem, Luciano! E você?

      Concordo! Se as paredes ouvissem, até eu acharia ruim de ficar em casa, haha!

      Muito obrigada ♡ Um abraço enorme a você!

      Excluir
  2. Anônimo26/5/20

    Por estes tempos, tudo dorme e se esquecem de tudo. Algumas coisas permanecem adormecidas, porque talvez, prefiram os sonhos ao dia. Tu sempre faz a gente pensar na vida.
    Grane abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E são tantas as vezes em que mesmo nós preferimos os sonhos, não é?

      Muito obrigada, Ney.

      Outro a você! Tenha uma semana linda ♡

      Excluir