Uma discussão delicada

por - 13.7.20

O problema
é quando o poema
pergunta
quem é o pai.



8 comentários

  1. Que linda flor! Eu desconheço algo mais esplêndido que a Natureza. A propósito, o poema ficou agradável de ser apreciado. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos dois, Luciano... E que bom que achou o poema agradável ♡

      Abraços e boa semana pra ti!

      Excluir
  2. Lindo poema. Você personifica coisas em suas escritas, acho isso simplesmente incrível!

    Sou nova por aqui, se quiser dar uma olhadinha: https://latibuloinefavel.blogspot.com/

    Com carinho,
    Maju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maju! Mesmo ♡

      E pode deixar que passarei em seu blog!

      Abraços ♡

      Excluir
  3. Anônimo13/7/20

    Na familia, dizem que: "pai é quem cria" acredito que valha para poema e poesia. Meu problema é perceber que toda a poesia da imagem me da mais alegria e eu não entendo nada de fotografia.
    Grande abraço e uma feliz semana pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que também não entendo, mas talvez, só por isso, eu consiga fotografar sem receio ou culpa, haha!

      Um abraço enorme! E para você também ♡

      Excluir
  4. Amei seu poema! A foto ficou maravilhosa! Eu sou apaixonada por fotos assim, mostrando o que há de belo na natureza! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico felicíssima que tenha gostado do poema e da foto, Carol ♡ Obrigada! (E eu também!)

      Excluir