Leve

Levemente embriagada,
apenas levemente,
o álcool apenas 
como o toque de pimenta
em um prato natalino
e levemente como me sinto,
agora,
de lábios e língua roxos,
levemente distendida
tocando a cama
e a vida
que se despede
com hora marcada
aos finais de ano
e recomeça,
constrangida,
alguns momentos depois.

8 Comentários

  1. Ser o poço ou a apoteose é apenas questão de dose.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Belo poema de fim de ano, Lari ♥

    ResponderExcluir
  3. Levemente a gente sente tua poesia de Sereia...
    Muito Agradecido por isso.
    Foi um privilégio ter estado hoje aqui. Um meio que feliz ano novo, a gente merece apesar dos enganos com todos,
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço, e muitíssimo ♥

      E merecemos mesmo!

      Abraço enorme pra ti, Ney! Felizes últimos dias de 2020 pra ti, e um 2021 maravilhoso!

      Excluir
  4. Gostei do texto.

    Feliz Ano Novo!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

Formulário de contato (para a página de contato, não remover)