A angústia do poema

A angústia do poema só é necessária
quando
imediatamente
substitua a angústia do poeta
e naquele momento o poeta
passe a rir da angústia do poema
(ainda que a angústia
— e o poema —
não vejam a menor graça).

4 Comentários

  1. Poesia sem dor é jardim sem flor.
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda prefiro evitar a dor sem evitar a poesia, haha! Mas nem sempre é possível. Ainda mais porque calhou de sermos humanos...

      Excluir
  2. A mais pura verdade!

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está em Hiatus de verão entre 05 de fevereiro e 08 de março, mas não deixaremos de comentar nos blogs amigos. Também tem posts novos no blog.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

Formulário de contato (para a página de contato, não remover)