20 Comentários

  1. Muito bom, Lari!
    É exatamente assim a relação de Heathcliff e Cathy hehe. Esse livro é bem escrito né? Achei a narrativa intrigantemente excelente.

    Boa semana ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Juli ♡♡

      Eu adoro! Li há uns anos e lembro que foi uma leitura que me prendeu muito... Apesar de ainda não ter relido O morro dos ventos uivantes, sempre relembro a atmosfera do enredo por meio da música da Kate Bush, haha! (Adoro também.)

      Abraço enorme pra ti e uma ótima semana!

      Excluir
  2. Nossa. É exatamente o que eu senti assistindo ao filme do Ralph e lendo metade do livro. Não concordo com tudo do Heath, mas esse amor-ódio é algo que me chama demais a atenção, são sentimentos luz e sombra e amo contradições, essas coisas avassaladoras que são tão estranhamente bonitas, mas horrendas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma relação doentia, né, Helen, a dos dois... E, de certa forma, serve como símbolo ou metáfora para a forma como nós nos relacionamos muitas vezes, seja com os outros ou com nós mesmos. Ao mesmo tempo, dado o devido contexto, é algo até natural; é isso da contradição, da luz de sombra de que você falou. Talvez, a combinação amor e ódio (novamente: dado o devido contexto, haha) faça parte de qualquer paixão. Tomando novamente as suas (ótimas ♡) palavras: "essas coisas avassaladoras que são tão estranhamente bonitas, mas horrendas". Exatamente, hahaha!

      Abraço enorme pra ti!

      Excluir
  3. Amor sem ódio é refri sem sódio.
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os tais dos contrastes para que os sentimentos sejam percebidos; saber o que nos faz bem pela experiência do que faz mal!

      Excluir
  4. QUE LINDO!!!! Eu adoro Morro dos Ventos Uivantes, e ler um poema tão sensível sobre ele foi incrível. Parabéns, miss Larissa, por trazer todo o sentimento condensado de Heath e Cathy em tão poucas linhas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaa, Bruna querida ♡ Fiquei tão feliz com sua visita e comentário, e por ter gostado do poema! Obrigada mesmo ♡

      Excluir
  5. adorei essa poema muuuito!! fiquei ate com vontade de escrever no meu diário

    ResponderExcluir
  6. Pesado.

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  7. nossa, isso é tão Heathcliff (e Cathy)! deu até gatinho e vontade de reler o livro, pra ver se concluo algo sobre desses dois... até hoje não sei bem o que pensar sobre essa "história de amor". de qualquer forma, emily é genial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Emily é mesmo! Espero um dia reler no original ♡ Também preciso de melhores conclusões, haha!

      Abraço enorme pra ti, Letícia!

      Excluir
  8. Anônimo5/5/21

    Eu penso que tu ama e sofre, com esses 73% que comentam teus posts.
    Amar e sofrer é uma viagem pela poesia que em nossa alma, cabe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo e sofro profundamente quando amo e sofro, haha. (Mas também me acomodo bem às calmarias.)

      Lindo comentário ♡

      Excluir
  9. Oi Larissa, ainda lembra de mim? haha Fernanda do Cotidiano Alternativo. Esses dias me bateu uma saudade desse mundo dos blogs, lembrei de você e vim visitar e você ainda está por aqui, postando, que conforto isso me dá haha estou pensando em voltar a postar também, quem sabe, beijos :*

    https://cotidiano-alternativo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernaaaaaanda, claro que lembro de você! VOLTA, POR FAVOR ♡ Que saudade! E que lindeza você ter se lembrado deste cantinho aqui ♡ Apareça sempre!

      Beijos ♡

      p.s.: pense com carinho em voltar ♡

      Excluir
  10. Deu até vontade de escrever um romance enemies to lovers haha

    ResponderExcluir

Formulário de contato (para a página de contato, não remover)