O que passa

Talvez,
do alto dos morros que você não vê, 
venha-lhe
minha voz
silenciada
tornada em impressão proustiana
e você se lembre de mim
como o vento que passa na
calada
da noite mais escura
e muda
uma paisagem de lugar.

6 Comentários

  1. Tudo passa, exceto o tudo passar.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Belas palavras.

    Boa semana!

    O blog está em Hiatus de Inverno entre 02 de agosto e 02 de setembro, mas comentaremos nos blogs amigos nesse período.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para você também, Emerson! Muito obrigada ♡

      Excluir
  3. Eu amei esses versos!
    No fundo, penso que: "talvez você não se lembre de mim".
    É triste o que sinto, mas espero um dia poder não me lembrar também :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Isa ♡ Muito obrigada!

      O tema das memórias me interessa muito, porque são elas que nos constituem, não é? Por bem ou por mal, marcamos e somos marcados por todos aqueles com os quais convivemos em algum momento. E as lembranças são sempre reconstruídas e ressignificadas.

      Espero que você ressignifique as suas do jeito mais bonito! Que o que dói hoje seja indiferente amanhã. E que venha muita coisa linda na sua vida pra te encher de presença ♡

      Excluir

Formulário de contato (para a página de contato, não remover)