Abiogênese

(1)

De repente
um nome,
que era só um nome,
vira mais que um nome.

(2)

De repente os olhares
se chamam
ao mesmo tempo
em que
se escutam
e se respondem
e ao mesmo tempo em que,
parados,
se dão conta
de que a função deles
é apenas ver.

(3)

De repente
o toque das peles
lança faíscas
que assombram
como se assombrou
o primeiro homem a descobrir o fogo,
e você se descobre dois.

(4)

De repente.

Ainda uma terceira lista de verdades semioníricas


  1. O trovão que ecoa ao longe finge ser de fúria contida.
  2. Quem conta um conto desmancha um ponto.
  3. As memórias perdidas são uma lenda cujo fundo de veracidade é outra lenda.
  4. Músicas grudadas no fundo da cabeça só saem com bicabornato de sódio e limão.
  5. Estralar os dedos sem aviso prévio pode despertar cachorros invisíveis.
  6. Cachorros invisíveis podem nos despertar da distração de estralar os dedos.
  7. É importante tirar as bijuterias antes de ir dormir para que não as percamos em nossos sonhos e, ocupados em procurá-las, tateando inutilmente o que acreditamos ser o chão, nos esqueçamos da hora ideal de acordar.
  8. A altura de uma montanha depende do comprimento das asas do pássaro mais velho a sobrevoá-la.
  9. As unhas sempre lembram umas às outras de crescerem todos os dias.


Formulário de contato (para a página de contato, não remover)